segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Ano Novo

Todos os anos é o mesmo! Chegamos a 31 de Dezembro, dia de S. Silvestre, e lá vem o dia 1 de Janeiro e o Novo Ano!
Neste dia, depois de termos festejado o Natal com a família, chega a vez da alegria, do barulho, dos amigos e da farra!
Muita gente se reúne para passar a meia-noite, para o "réveillon", que é uma palavra francesa que significa "despertar do dia", mas este despertar é muito especial.
Em muitos locais, especialmente nas aldeias e terras pequenas, a tradição manda que haja uma fogueira e que todos estejam à sua volta nesse momento, que se coma e beba e que se confraternize com amigos, vizinhos e familiares. Depois salta-se a fogueira, para espantar os medos.
Nas cidades, há quem passe o ano em casa e há que vá para salões e restaurantes onde há música, se come e se dança até chegar o momento tão esperado: a meia-noite.
Na passagem do ano, existem tradições, que variam consoante os locais e os hábitos:- Comer 12 passas, uma por cada mês do novo ano. Temos de fazer um desejo para cada uma. Dá sorte!- Ter uma moeda na mão à meia-noite. Dá dinheiro.- Subir a uma cadeira. Dá poder e altura: tudo de bom.
Depois bebe-se champanhe ou vinho do Porto e vai-se para a rua bater em tachos e fazer barulhos com gritos e assobios.É para espantar os maus espíritos do Ano Velho!
Em muitos locais há espectáculos lindos de fogo de artifício e música.
Lembra-te que, com os vários fusos horários, os primeiros a festejarem o Ano Novo são os australianos... Na América festeja-se depois de nós.
Há outros países em que o Ano Novo se festeja já em Janeiro, mas isso é outra história!
Ah! Mais uma coisa: é sempre bom (dá sorte) estrear uma peça de roupa no dia de Ano Novo. Muita gente recomenda que se estreiem cuecas... Mas, no fundo, o importante é ser algo de novo.
No novo ano há o costume de fazer uma lista de decisões para o Novo Ano. Aquilo que se quer fazer.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!